Edição 109 – 25/6/2021

Em webinar, lideranças apontam prejuízos da reforma administrativa


O presidente nacional do Sinal, Fábio Faiad, participou na tarde desta quinta-feira, 24 de junho, de webinar realizado pela seção regional do Sindicato em Porto Alegre que discutiu os impactos da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 32/2020 – reforma administrativa – sobre os servidores do Banco Central do Brasil e o conjunto do serviço público.

Também participaram do evento representantes do Sindicato Nacional dos Técnicos do Banco Central do Brasil (SinTBacen), da  Associação Nacional dos Analistas do Banco Central do Brasil (ANBCB) e da Associação Nacional dos Advogados Públicos Federais (Anafe).

“A PEC 32 vai construir uma ‘torre de babel’ em cada órgão público. Ela só tumultua”, destacou Faiad, que criticou o fim do Regime Jurídico Único, em face da multiplicação de vínculos de trabalho na Administração Pública. Os debatedores alertaram para os danos irreversíveis no âmbito da gestão de pessoas e na governança da Autarquia e dos demais órgãos, caso a matéria seja aprovada. “Na melhor das hipóteses, esta PEC nos deixa em uma situação muito ruim”, afirmou o presidente da Anafe e ex-presidente do Sinal Porto Alegre, Lademir Rocha.

“A chance de derrota da PEC está diretamente relacionada ao tamanho da nossa mobilização”, ressaltou o presidente nacional do Sinal, ao conclamar a união de esforços em torno do enfrentamento à proposta de reforma.

Por meio de mensagem, lida durante a atividade, o conselheiro regional do Sinal em Porto Alegre, Gustavo Diefenthaeler, reforçou o pleito: “Assim, peço que nos concentremos nos interesses comuns e trabalhemos juntos, buscando apoio dos nossos colegas aposentados e da ativa, para enfrentarmos esse desafio”.

Clique aqui para assistir ao evento.

Edições Anteriores
Matéria anteriorWebinar – Impactos da Reforma Administrativa – PEC 32/2020
Matéria seguintePEC 32/2020: Sinal e demais entidades do Fonacate se reúnem com presidente da Comissão Especial da Câmara